Matthew Lutz-Kinoy

BIOGRAPHY

Matthew Lutz-Kinoy (EUA) é um artista cujos trabalhos prestam homenagem às histórias, tradições e técnicas de representação ao passo que exploram a identidade, o sexo, a visibilidade e o prazer. Ele trabalha com vários métodos incluindo escultura, gravuras, cerâmica e pintura, o que significa que sua lealdade não é fixa a um mecanismo, mas depende de seus desenvolvimentos compartilhados na forma e de uma simultaneidade na prática em si. O conjunto da obra de Matthew nos revela uma riqueza sem precedentes de idéias: de performances inspiradas por histórias de queer e prática colaborativa, à obras em cerâmica influenciados por sua passagem de trabalho na Europa e no Brasil, assim como pinturas em grande escala que revelam seu fascínio com o estilo de pintura aprimorado, sofisticado e carnal do século XVIII. Matthew Lutz-Kinoy vive e trabalha em Paris.

Durante sua residência no Instituto Inclusartiz no Rio de Janeiro, Matthew começou a pesquisar e executar uma série de obras inspiradas na botânica do Rio de Janeiro; tudo dentro de sua prática habitual de desenho e pintura de observação. Ele deve continuar produzindo uma série de pinturas em grande escala que são feitas para serem apreciadas através de uma ‘concessão’ de autoconhecimento, que ele pegou emprestada das idéias do sociólogo Erving Goffman. Matthew considera que “se nós observarmos espaços físicos como manifestações de um ego externalizado, (…) na medida em que o indivíduo mantém um espetáculo diante dos outros que ele próprio não acredita, ele pode vir a experimentar um tipo especial de alienação de sim mesmo e um tipo especial de cautela dos outros.”

Dentre as exposições solo de Matthew Lutz-Kinoy, as mesmas incluem: Hudson Bathers, Mendes Wood DM, Nova Iorque, EUA (2019); Sea Spray, Vleeshal, Midelburgo, Holanda (2018); The Meadow, Le Centre d’édition Contemporaine, Genebra, Suiça (2018); Southern Garden of the Château Bellevue, Le Consortium, Dijon, França (2018); Song And Love, Matthew Lutz-Kinoy & Ola Vasiljeva, Indipendenza, Roma, Itália (2018). Seu trabalho também foi destaque em diversas mostras em grupo, tais como: Eckhaus Latta: Possessed, Whitney Museum of American Art, Nova Iorque (2018); Welt ohne Außen. Immersive Spaces since the 1960s, Berliner Festspiele, Berlim (2018); Seasick in Paradise, Depart Foundation, Los Angeles (2017); Neither., Mendes Wood DM, Bruxelas (2017); entre várias outras.

More information

Matthew Lutz-Kinoy
1984 em Nova Iorque, EUA
Reside e trabalha em Paris, França

Educação

Rijksakademie, Amsterdã
Escola de Arte BFA Cooper Union, Nova Iorque, EUA
Universidades das Artes de Berlim, Berlim, Alemanha

Exibições Individuais

2019 Two Hands on Earth, Mendes Wood DM, Bruxelas, Bélgica
Screaming Compost, Francesca Pia, Zurique, Suíça
Hudson Bathers, Mendes Wood DM, Nova Iorque, EUA
2018 Sea Spray, Vleeshal, Middelburg, Países Baixos
The Meadow, Centro de Edição Contemporânea, Genebra, Suíça
Bowles, Galeria Kamel Mennour, Paris, França
Fooding, Freedman Fitzpatrick, Paris, França
Southern Garden of the Château Bellevue, Le Consortium, Dijon, França
Song and Love, Matthew Lutz-Kinoy & Ola Vasiljeva, Indipendenza, Roma, Itália
2017 Fire Sale, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil
2016 Rotten Wood, the Dripping Word: Shuji Terayama‘s Kegawa no Mari (com Tobias Madison),
MoMA PS1, Nova Iorque, EUA
To Satisfy the Rose, Freedman Fitzpatrick, Los Angeles, EUA
2015 Princess Pompom in The Villa of Falling Flowers, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil
2014 Crystal Mist, Pro Choice, Paris, França
Port, Freedman Fitzpatrick, Los Angeles, EUA
2013 Lutz-Kinoy’s Loose Bodies, Elaine – Museum für Gegenwart Kunst, Basel, Suíça
Matthew’s Secret, Galerie van Gelder, Amsterdã, Países Baixos
Werk is Free / Be Free! May Day, Outpost, Norwich, Reino Unido
Keramikos, Kunsthalle Baden-Baden, Alemanha
2012 Keramikos, Elaine – Museum für Gegenwarts Kunst, Basel, Suíça
Every Reform Movement Has a Lunatic Fringe com Martijn Hendriks, W139, Amsterdã, Países Baixos
2011 Say It With Flowers, Deweer, Otegem, Bélgica
New Season, Silberkuppe, Berlim, Alemanha
2010 Warped Passage, Galerie Yukiko Kawase, Paris, França

Exibições em grupo

2019 Été Indien, Kamel Mennour, Paris, França
Les Chemins, du, Sud, une théorie du mineur, Museu Regional de Arte Contemporânea, Sérigan, França
"Il est une fois dans l'Ouest", FRAC Nouvelle-Aquitaine, Bordeaux, França
Mingei Now curated by Nicolas Trembley, Sokoyo, Kyoto, Japão
Sharjah Biennial 14: Leaving the Echo Chamber com Isabel Lewis, Sharjah, Emirados Árabes Unidos
2018 The Weather Outside, Freedman Fitzpatrick, Paris, França
Masks, Kamel Mennour, Paris, França
Eckhaus Latta: Possessed, Museu Whitney de Arte Americana, Nova Iorque, EUA
The Performance Agency, Mass X (The Unfolding), Supportico Lopez, Berlim, Alemanha
Welt ohne Außen. Immersive Spaces since the 1960s com Isabel Lewis, Berliner Festspiele, Berlim, Alemanha
Nothing Will be As Before, Tanya Leighton, Berlim, Alemanha
2017 A Terceira Mão, Fortes D'Aloia & Gabriel, São Paulo, Brasil
La nuit juste avant les fôrets, Doc!, Paris, França
Seasick in Paradise, Depart Foundation, Los Angeles, EUA
Waiting for the Sun, Spazioa, Pistoia, Itália
Der Verdienst. 2014-2017, Oracle, Berlim, Alemanha
Imaginary Ancestors, Almine Rech, Nova Iorque, EUA
Neither., Mendes Wood DM, Bruxelas, Bélgica
2016 The Discovery of a Leak in the Roof of Marcel Breuer’s Wellfleet Summer Cottage on the
Morning of September 16, 1984, Off Vendome, Nova Iorque, EUA
e Mérite 2014-2016, Treize, Paris, França
2015 The Ultimate Vessel, Koppe Astner, Glasgow, Escócia, Reino Unido
G.I.F.T., Der TANK, Basel, Suíça
Theater der Überforderung com Tobias Madison dirigido por Barbara Weber, Kunsthalle
Zurich, Zurique, Suíça
Kälen com Magni Borgehed e Natsuko Uchino, Last Resort, Copenhague, Dinamarca
2014 A paz entre os animals, Boatos Fine Arts, São Paulo, Brasil
The Word Today Serves No One Except To Say To The Grocer Give Me A Pound Of
Lentils, Supportico Lopez, Berlim, Alemanha
Trust (Vita Vel Regula), Fluxia, Milão, Itália
Prisma Pavillion curado por Gerry Bibby, Künstlerhaus Bethanien, Berlim, Alemanha
I love you Me either, Projeto Native Informant, Londres, Reino Unido
2013 The November Issue, Mathew, Berlim, Alemanha
The tolerant home, Siebe Tettero, Amsterdã, Países Baixos
AB, Nomas Foundation, Roma, Itália
Unstable Media, Martin van Zomeren, Amsterdã, Países Baixos
Hi from California, Freedman Fitzpatrick, Los Angeles, EUA
every serious man…, Juliette Jongma, Amsterdã, Países Baixos
Beyond Imagination, Museu Stedelijk, Amsterdã, Países Baixos
2012 Foreign Figs for Florence, Dingum na Villa Romana, Florença, Itália
2010 Ins Blickfeld gerückt, Institut Français, Berlim, Alemanha
Brucennial 10, Bruce High Quality Foundation, Nova Iorque, EUA
2009 Room Without Wall, curado por Silberkuppe, Espaço de Projetos da Galeria Hayward, Londres, Reino
Unido
Exstatic Resistance, curado por Emily Roysdon, X initiative, Nova Iorque; Grand Arts, Kansas
City, EUA
Silberkuppe in KUR, Staatliche Kunsthalle Baden-Baden, Alemanha
Psychometry, Exile, Berlim, Alemanha
State of the Art, NY, Urbis, Manchester, Reino Unido
2008 Brucennial 08, Bruce High Quality Foundation, Nova Iorque, EUA
Soul Stripper, Project Midi, Bruxelas, Bélgica
American Installation, Plaine Project, Chicago, EUA
2007 Darling! What color, Thrust Projects, Nova Iorque, EUA
Art guitar and two teaspoons, Bischoff/Weiss, Londres, Reino Unido
2006 The Invention of Solitude, curado por Charles Danby, Galeria The Nunnery, Londres, Reino Unido

Casper com DL Alvarez, Galeria Arratiabeer, Berlim, Alemanha

Exibições de filme e vídeo selecionadas

2012 AYE dunkelblau – part two, Kunsterhaus Stuttgart, Stuttgart, Alemanha
2010 The Sense Ritual, Festival de Filmes MIX, Nova Iorque, EUA
Goshogaoka & Matthew Lutz-Kinoy: selected videos, Galeria Whitechapel, Londres, Reino Unido
2009 Nostalgia…, Light Industy, Nova Iorque, EUA
Kino, Koelnischer Kunstverein, Colônia, Alemanha
PERSPECTACLE 5.1, New Museum, Nova Iorque, EUA
2008 PERSPECTACLE, Festival de Filmes MIX, Nova Iorque, EUA

Prêmios

2014 Premio Emergent, mi art, Milão
2011 Foundation for Contemporary Art
2010 Teva Europe
2004 Ganhador da Bolsa do Seminário Flahrety de Cinema

Lutz-Kinoy, Proposta para o Rio – Março de 2020

No Rio eu pesquisarei e executarei uma série de trabalhos que são inspirados na flora do Rio de Janeiro. Na casa da residência artística, eu manterei minha prática de desenho e pintura de observação. Produzirei pinturas em grande formato que servem como ambientes e
possivelmente como pano de fundo ou decoração de cômodos.

Estes trabalhos em grande formato, vistos através de um sentido de consciência de si mesmo, apropriam-se de ideias do sociólogo Erving Goffman. Se nós vemos espaços físicos como manifestações de um ego exteriorizado, “E em um nível em que o indivíduo mantém uma aparência ante outros que ele mesmo não acredita, ele pode vir a experimentar um tipo especial de alienação dele mesmo e um tipo especial de cautela dos outros.” E através desta
representação nós começamos a formar empatia, um dos pilares do afeto no campo teatral, que nos permite ver um mundo mais claro.