CRISTINA DE MIDDEL

Biografia

Cristina De Middel (Espanha, 1975) é uma fotógrafa residente em Londres que vem trabalhando para diferentes jornais na Espanha e com ONGs por quase 10 anos. Ela combina seus trabalhos documentários com projetos mais pessoais que questionam o potencial da fotografia como um documento e uma ilustração da realidade. Com projetos como The Afronauts (finalista do Prêmio Deutsche Börse e do Prêmio Infinity da ICP), Cristina convida deliberadamente o público a questionar a linguagem e a veracidade da fotografia como um documento, e brinca com reconstruções e símbolos que ofuscam a fronteira entre a realidade e a ficção.


www.lademiddel.com

Sharkification

Em “Sharkification”, o artista espanhol transformou a favela carioca da Rocinha no fundo do mar e da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), o projeto Rio Secretaria de Segurança em tubarão-representado por um balão de hélio gás controlado por controle remoto. “A idéia é transformar a comunidade em um ambiente subaquático onde os predadores de peixe operar e pequena hide peixes e” luta “com suas estratégias para se manter vivo”, explica ela.

De Middel trazido de Londres, onde ela vive, três balões em forma de tubarão e pintados com as cores da UPP. Assim, documentou a reação dos moradores das favelas e pediu-lhes que, em algumas cenas, interpretar pequena fuga peixe predador. Um vídeo também está a ser produzido.

“Eu descobri quando comecei a visitar a favela que havia muitos mais aspectos que eu poderia incluir neste jogo de transformar Rocinha em um mundo subaquático e da UPP como o predador. Há semelhanças muito interessantes entre o que acontece no fundo do mar e que acontece em uma favela “, diz De Middel.

O artista realmente voltou para o Brasil por três semanas para terminar a série.

“Meu plano é trabalhar com os fabricantes de traje e com escolas de samba locais com coreografias, então basicamente o trabalho desenvolvido até agora é apenas uma prévia do que ele vai se tornar”, explica ela.

Mais Informações

Cristina De Middel (Espanha, 1975) é uma fotógrafa residente em Londres que vem trabalhando para diferentes jornais na Espanha e com ONGs por quase 10 anos. Ela combina seus trabalhos documentários com projetos mais pessoais que questionam o potencial da fotografia como um documento e uma ilustração da realidade. Com projetos como The Afronauts (finalista do Prêmio Deutsche Börse e do Prêmio Infinity da ICP), Cristina convida deliberadamente o público a questionar a linguagem e a veracidade da fotografia como um documento, e brinca com reconstruções e símbolos que ofuscam a fronteira entre a realidade e a ficção.


www.lademiddel.com

Sharkification

Em “Sharkification”, o artista espanhol transformou a favela carioca da Rocinha no fundo do mar e da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), o projeto Rio Secretaria de Segurança em tubarão-representado por um balão de hélio gás controlado por controle remoto. “A idéia é transformar a comunidade em um ambiente subaquático onde os predadores de peixe operar e pequena hide peixes e” luta “com suas estratégias para se manter vivo”, explica ela.

De Middel trazido de Londres, onde ela vive, três balões em forma de tubarão e pintados com as cores da UPP. Assim, documentou a reação dos moradores das favelas e pediu-lhes que, em algumas cenas, interpretar pequena fuga peixe predador. Um vídeo também está a ser produzido.

“Eu descobri quando comecei a visitar a favela que havia muitos mais aspectos que eu poderia incluir neste jogo de transformar Rocinha em um mundo subaquático e da UPP como o predador. Há semelhanças muito interessantes entre o que acontece no fundo do mar e que acontece em uma favela “, diz De Middel.

O artista realmente voltou para o Brasil por três semanas para terminar a série.

“Meu plano é trabalhar com os fabricantes de traje e com escolas de samba locais com coreografias, então basicamente o trabalho desenvolvido até agora é apenas uma prévia do que ele vai se tornar”, explica ela.