MARES DO SUL

Beatriz Milhazes

Suas telas refletem a exigência que a artista tem com ela mesma, com seu incessante esforço e procura de tantos mundos de perfeccionismo. Submersa no mundo de seu ateliê, onde recebe a energia maravilhosa de sossego e harmonia do vizinho Jardim Botânico do Rio, Beatriz trabalha incessante em sua obra, em suas formas, em suas cores, em suas inúmeras superfícies, esfoliando a história do Brasil, a intensidade e a multiplicidade de sua cultura; a maravilhosa essência do cidadão carioca, cheia de sensualidade, música, luz e amor pela vida. Ao observarmos um quadro de Beatriz, constatamos a força da personalidade da artista, que se envolve em cada linha, cada círculo, cada flor, cada cor, cada forma. Exposição: Beatriz Milhazes – Mares do Sul Produção Cultural: Instituto Inclusartiz Local: CCBB Centro Cultural Banco do Brasil – Rio de Janeiro Período: Outubro de 2002 a Janeiro de 2003 Curadoria: Adriano Pedrosa