Gerda Steiner & Jörg Lenzlinger

BIOGRAFIA

Gerda Steiner e Jörg Lenzlinger 

Desde 1997 são co-criadores de instalações imersivas in situ. Transformação, proliferação e cristalização funcionam como componentes de pleno direito de sua obra, que se metamorfoseia de acordo com as reações químicas que se desenvolvem em seu interior. Os espectadores são convidados a mergulhar em um fantástico universo vegetativo ou a participar de experimentos que despertem os sentidos e a mente. As instalações dos artistas, tão inquietantes quanto encantadoras, forjam elos entre mundos antagônicos e propõem observar, com sua biodiversidade, o estranho laboratório dos seres vivos, e ponderar sobre conceitos de fertilidade e crescimento.

Gerda Steiner e Jörg Lenzlinger moram na Suíça. Eles participaram da Expo02 com a gigantesca obra “Heimatmaschine”. Na Bienal de Veneza de 2003 representaram a Suíça com um delicado “Falling Garden” [Jardim Suspenso] dentro da igreja de San Stae e outras instalações invasivas no Museu  21st Century em Kanazawa, no Japão; na biblioteca barroca em St.Gallen; na Bienal de Arte Contemporânea em Sevilha; na Bienal de Moscou; e, mais recentemente, na Kunsthaus Bregenz. A instalação permanente “Vegetative Nervous System” [Sistema Nervoso Vegetativo] é exibida no Museu Kunstpalast, em Düsseldorf.

www.steinerlenzlinger.ch

PROJETO

PROJETO NO RIO

Vamos visitar vários jardins e ter uma ideia de como a terra é cultivada. Interesses especiais são projetos de permacultura e agricultura em todo o Rio de Janeiro.

Nós gostaríamos de aprender mais sobre as plantas que crescem no Rio, como essas plantas se comunicam, e o que acontece nos sistemas subterrâneos das raízes.

Estamos interessados na gestão de recursos hídricos do Rio. De onde vem a agua? Como é limpa? Para onde isso vai?

Ligado a esses encontros está o livro “A Vida das Plantas: uma Metafísica da Mistura”, de Emanuele Coccia, que vamos ler no Rio.

“Nós mal falamos sobre eles e raramente sabemos seus nomes. A filosofia sempre os negligenciou; até mesmo a biologia os considera como mera decoração na árvore da vida. E, no entanto, as plantas dão vida à Terra: produzem a atmosfera que nos rodeia, são a origem do oxigênio que nos anima. As plantas incorporam a conexão mais direta e elementar que a vida pode estabelecer com o mundo ”.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS ARTISTAS

Gerda Steiner (1967) e Jörg Lenzlinger (1964)
Obras colaborativas desde 1997

www.steinerlenzlinger.ch

 

Instalações totais: 

*“The Seed Sounds of the Vegetative Nervous System at the Hydroponic Nectar Lakes” [Os Sons da Semente do Sistema Nervoso Vegetativo nos Lagos Hidropônicos de Néctar], CAC Cincinnati, EUA, 2001

*“Heimatmaschine”[Máquina de Pátria], Expo 2002, Pavilhão Heimatfabrik, Murten

*“Cómo Llegó la Morsa a Madrid” [Como a morsa chegou a Madri], La Casa Encendida, Madri, 2003

*“Falling Garden” [Jardim Pendente], Igreja San Staë, Bienal de Veneza, 2003

*“Root Treatment” [Tratamento de Raízes], Rose c’est la vie, Museu Nacional, Tel Aviv, 2004

*“Brainforest” [Floresta cerebral], Museu 21st Century, Kanazawa, Japão, 2004

*“Fountain of Youth” [Fonte da Juventude] para La Alegria de mis Sueños [A alegria dos meus sonhos], Bienal de Sevilha, 2004

*“Le Méta Jardin”[O Meta Jardim], La Maison Rouge, Paris, 2005

*“Soulwarmer” [Aquecedor de almas], Biblioteca Abbey de St. Gall, 2005

*“Night Moths in the Whale Belly” [Mariposas Noturnas na Barriga da Baleia], Artium, Fukuoka, Japão

*“Joutsenlampi”[O Lago dos Cisnes], ARS 2006, KIASMA, Helsinque, Finlândia, 2006

*“Found & Lost Grotto for Saint Antonio” [Gruta Achada e Perdida para Santo Antônio], Artpace, San Antonio, Texas, 2006

*“Artificial Fertility” [Fertilidade Artificial], Bienal de Xangai, China, 2006

*“4 Sleepingrooms” [Quatro Dormitórios], Museu Boijmans van Beuningen, Roterdã, 2007

*“The Desalination Plant Waste Garden” [O Jardim de Resíduos Da Usina De Dessalinização], 8ª Bienal de Xarja, Emirados Árabes Unidos

*“Le Jardin de Lune”[O Jardim da Lua], No coração da antiga mina de prata, Sainte-Marie-aux-Mines, França

*“O Escritório”, CCBB de Brasília, “OSTROPICOS”, Brasil

*“O Sonho da Planta do Escritório”, CCBB do Rio, Brasil, 2008

*“Die Verquickung” [A Fusão], Centro Paul Klee, Berna, 2008

*“The Mystery of Fertility” [O Mistério da Fertilidade], 8ª Sonsbeek em Arnheim, Holanda

*“The Horse Ghosts” [Os fantasmas do Cavalo] em Yew Forest, Aachen, Alemanha, 2008

*“Office Cult” [Culto do Escritório] para “OSTROPICOS”, Gropiusbau, Berlim, 2008

*“The Water Hole” [O Buraco de Água], ACCA de Melbourne, Austrália, 2008

*“The Treatment” [O Tratamento], 3ª Bienal de Moscou, 2009

*“Comment Rester Fertile?”[Como Ficar Fértil?], CCS, Paris, 2010

*“Flood–Drink oh Heart from the Abundance of Time!” [Enchente – Refresco no Cerne da Abundância do Tempo], Museu Arp, Bahnhof Rolandseck, Alemanha, 2011

*“Wild Things” [Coisas Selvagens], Kunsthallen Brandts, Odense, Dinamarca, 2012

*“Power Sources” [Fontes de Alimentação], Torre de Arte de Mito, Japão, 2012

*“National Park” [Parque Nacional], Bündner Kunstmuseum, Chur, Suíça, 2013

*“Bush Power” [O Poder do Arbusto], Bienal de Sydney, Austrália, 2014

*“Das Chymische Lustgärtlein”[Jardim dos Prazeres, União dos Opostos], Museu Kunstpalast, Düsseldorf, Alemanha, 2014

*“Picnic” [Piquenique], Museu de Arte Contemporânea de PERM, Perm, Rússia, 2015

*“Metafloristics”[Metaflorística], Museu de Belas Artes, Bélgica, 2016-2018

*“Totentanz”[Dança Macabra], Park Totentanz, Basileia, Suíça, 2016

*“Lungwort”[Pulmonaria officinalis], Kunsthaus, Bregenz, Áustria, 2017

*“Too Early to Panic” [Cedo Demais para Entrar em Pânico], Museu Tinguely, Basileia, 2018

*** 

 

OBRAS PERMANENTES:

“Jungle of Distribution Systems” [Selva de sistemas de distribuição], Fundação Christoph Merian, Basileia, 2017

“Les Pierres & le Printemps”[As Pedras & a Primavera], Domaine Chaumont-sur-Loire, França, 2015

“Sacrificial Offering” [Oferenda de sacrifício], KKLB de Beromünster, 2014

“Organisms” [Organismos], Novartis Rotkreuz, Suíça, 2013

“Paysage au Grand Galop” [Paisagem no Galope], Museu de Valence, 2013

“The Swing” [O Balanço], Banco Nacional da Suíça, Berna, 2012

“Ghost Satellites” [Satélites Fantasmas], Trienal de Echigo-Tsumari, Tokamachi, Japão, 2012

“Spring Grotto” [Gruta da Primavera], Residência Quellengarten, Rheinfelden, Suíça, 2012

“Eldorado”, Silo, Cloister Schöntal Langenbruck, Suíça, 2011

“The Sleeping Beauty” [A Bela Adormecida], Im Tal–Hasselbach, Alemanha, 2009

“Crystal Growth” [Crescimento de Cristal], Instituto Paul Scherrer, Villingen, Suíça, 2007

“Hunters Room” [Espaço dos Caçadores], Hotel Castell , Zuoz, Suíça, 2006

“The Vegetative Nervous System” [O Sistema Nervoso Vegetativo], Museu Kunst Palast, Düsseldorf, 2006

“The Heart” [O Coração], Townhouse, Uster, Suíça, 2006

“Crystalline Ovulation IV” [Ovulação Cristalina IV], Instituto Suíço, Roma, 2005

“Les Envahisseurs!”[Os Invasores!], Contêiner-estufa móvel, 2004

“Proliferation” [Proliferação], Aargauer Kunsthaus, Aarau, 2003

“Blemishes and Gold Mines” [Defeitos e Minas de Ouro], Universidade de St. Gallen, Suíça, 2003